Cart

Educação no Século XXI

Disponibilidade: 6 Em estoque

R$180,00 N/D

Detalhe: Inteligência, pensamento crítico e criatividade
ISBN: 978-65-5072-052-0
Autora: Instituto Ayrton Senna
Idioma: Português
Editora: Hogrefe Cetepp

Em estoque (pode ser encomendado)

Quantidade:

Descrição

A criatividade e o pensamento crítico têm sido indicados como competências altamente requeridas nas atuais demandas do século XXI. Diferentes entidades, como o Fórum Econômico Mundial e a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), elencam essas competências como essenciais para o desenvolvimento pleno de crianças e adolescentes, e conectadas à resolução de problemas complexos, como os ambientais, sociais e econômicos no mundo. Neste livro, abordamos as temáticas da criatividade e do pensamento crítico, iniciando com uma revisão dos principais modelos psicométricos da inteligência, uma discussão sobre funções executivas e inteligência do ponto de vista neuropsicológico e psicométrico, e uma discussão sobre a maleabilidade da inteligência, considerando aspectos genéticos e estudos experimentais.

A partir dessa fundamentação, revisamos os conceitos de criatividade e pensamento crítico, e abordamos questões atuais sobre sua avaliação. Na sequência, apresentamos uma discussão sobre a relação dessas duas competências com inteligência e outras habilidades do século XXI. O livro se encerra com a apresentação de propostas sobre o monitoramento dessas competências no contexto escolar, em larga escala, do ponto de vista da avaliação formativa.

 

Prefácio

Viviane Senna
Uma educação transformadora é aquela que busca desenvolver crianças e jovens de modo integral para que realizem todo seu potencial de forma autônoma e protagonista. Envolve fornecer insumos e prepará-los para intervir na sua realidade, sendo capazes, por exemplo, de solucionar problemas, inovar, refletir e analisar informações para tomar decisões bem fundamentadas. Para que esse ideal se concretize para todos os estudantes, em conjunto com a mitigação dos desafios atuais da educação brasileira, é imprescindível que sejam implementadas políticas públicas bem-informadas, com base em evidências. Mas como podemos contribuir e influir para que as políticas públicas se edifiquem sobre essas premissas?

 

Sumário 

1. Inteligência: como é concebida com base nos modelos psicométricos?
Ricardo Primi, Viviane Senna, Kevin McGrew, Joel Schneider, Tatiana de Cássia Nakano e Natália Martins Dias

2. Funções executivas e inteligência: possíveis articulações entre neuropsicologia e psicometria
Ricardo Primi, Natália Martins Dias, Tatiana de Cássia Nakano e Rauni Jandé Roama Alves

3. Maleabilidade da inteligência: estudos da genética comportamental
Ricardo Primi 4. Revisão teórica e conceitual sobre pensamento crítico
Amanda R. Franco, Leandro da Silva Almeida, Tatiana de Cássia Nakano e Ricardo Primi

5. Revisão de modelos de criatividade
Tatiana de Cássia Nakano, Ricardo Primi e Priscila Zaia Tatiana de Cássia Nakano, Ricardo Primi

7. Recomendações para um sistema de avaliação educacional para monitoramento em larga escala
Ricardo Primi, Kevin McGrew e Joel Schneider

8. Uma proposta de definição operacional para a avaliação formativa de criatividade e pensamento crítico
Ricardo Primi, Rodrigo Travitzki, Alexandre Jaloto, Alexandre Peres, Karina da Silva Oliveira, Priscila Zaia, José Maurício Haas Bueno, Cynthia Sanches de Oliveira, Danielly de Souza Oliveira, Ana Carolina Zuanazzi, Karen Cristine Teixeira e Tatiana de Cássia Nakano Anexos I e II

Sobre os Autores – INSTITUTO AYRTON SENNA

Alexandre Jaloto
Graduado em Biologia, mestre em Educação em Ciências e Saúde e doutor em Psicologia. Pesquisador no Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) desde 2009. Possui experiência e interesse em avaliação educacional em larga escala e medidas em educação.

Alexandre Peres
Graduado em Psicologia pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e mestre e doutor em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações pela Universidade de Brasília (UnB). Docente da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), onde atua no Programa de Pós-Graduação em Psicologia e coordena o Laboratório de Psicometria, Avaliação Psicológica e Educacional (LabPape). Amanda R. Franco Doutora em Ciências da Educação pela Universidade do Minho, Portugal.

Ana Carolina Zuanazzi
Graduada em Psicologia, especialista em Neuropsicologia pelo Centro de Diagnóstico Neuropsicológico (CDN), mestra em Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP) e doutora em Psicologia pela Universidade São Fran[1]cisco (USF). É gerente de projetos do Instituto Ayrton Senna.

Cynthia Sanches de Oliveira
Especialista em Arte Integrativa e Design Estratégico e Inovação. Licenciada em Pedagogia pela Universidade de São Paulo (USP) e em Artes Plásticas pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Danielly de Souza Oliveira
Graduada em Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Psicóloga clínica e coordenadora do Laboratório de Casal e Família: clínica e estudos psicossociais (Labcafam) do Instituto de Psicologia da USP. Analista de pesquisa do Laboratório de Ciências para a Educação (eduLab21) do Instituto Ayrton Senna.

 

Joel Schneider
Graduado em Psicologia pela University of California, Berkeley, e Ph.D. em Psicologia Clínica pela Texas A&M University. Professor dos Programas de Psicologia Escolar e Aconselhamento Psicológico da Temple University, Filadélfia, Estados Unidos. Seus interesses em pesquisa incluem avaliação cognitiva, estudos relacionados a resultados psicoterápicos, métodos estatísticos, psicometria e programação.

José Maurício Haas Bueno
Doutor em Psicologia com ênfase em avaliação psicológica pela Universidade São Francisco (USF). Professor no Programa de Pós-Graduação em Psicologia Cognitiva da Universidade Federal de Pernambuco (Ufpe).

Karen Cristine Teixeira
Graduada em Psicologia, mestra e doutora em Psicologia na linha de Avaliação Psicológica em Saúde e Desenvolvimento pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gerente de pesquisas e membro do Laboratório de Ciências para a Educação (eduLab21) do Instituto Ayrton Senna ORCID: 0000-0002-0846-8201.

Karina da Silva Oliveira
Graduada em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), especialista em Neurologia Aplicada à Neuropsicologia Infantil pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), mestra e doutora em Psicologia pela PUC-Campinas e pós-doutor em Avaliação Psicológica pela Universidade São Francisco (USF).

Kevin McGrew
Proprietário e diretor do Institute for Applied Psychometrics (IAP). Professor adjunto do Institute on Community Integration da University of Minnesota e consultor do Laboratório de Ciências para a Educação (eduLab21) do Instituto Ayrton Senna.

Leandro da Silva Almeida
Doutor em Psicologia. Professor catedrático da Universidade do Minho, Portugal. Pesquisador na área da cognição e aprendizagem, com trabalhos mais recentes sobre adaptação e sucesso acadêmico de estudantes do ensino superior ORCID: 0000-0002-0651-7014.

Natália Martins Dias
Graduada em Psicologia e doutora em Distúrbios do Desenvolvimento pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM). Professora do Departamento de Psicologia da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Priscila Zaia
Graduada em Psicologia, especialista em Neuropsicologia e doutora em Psicologia na linha de instrumentos psicológicos pela PUC-Campinas. Cofundadora do Zaia Instituto de Altas Habilidades/Superdotação. Psicóloga supervisora nacional da Mensa Brasil.

Rauni Jandé Roama Alves
Graduado em Psicologia pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), especialista em Neuropsicologia e Psicopedagogia pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP) e mestre e doutor em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas).

 

Ricardo Primi
Graduado e mestre em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), doutor em Psicologia Escolar e do Desenvolvi[1]mento Humano pela Universidade de São Paulo (USP) com parte desenvolvida na Yale University (Estados Unidos) sob orientação de Robert J. Sternberg. Professor associado da Universidade São Francisco (USF).

 

Rodrigo Travitzki
Graduado em Biologia pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), mestre em Filosofia pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e doutor em Educação pela Universidade de São Paulo (USP). Pesquisador de políticas educacionais e ensino de ciências naturais.

Tatiana de Cássia Nakano
Mestra em Psicologia Escolar pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), doutora em Psicologia pela mesma instituição e pós-doutora pela Universidade São Francisco (USF). Docente permanente do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia da PUC-Campinas. Pesquisadora da linha de instrumentos e processos em avaliação psicológica. Visiting scholar na University of California. Ex-presidente da Associação Brasileira de Criatividade e Inovação (Criabrasilis) e atual membro do conselho deliberativo, membro colaborador do Conselho Brasileiro para Superdotação (Conbrasd) e membro do grupo de trabalho Psicologia Positiva e Criatividade na Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Psicologia (Anpepp).

Peso 800 g
Dimensões 25 × 15 × 3 cm
Carregando...